UFSC » XIV SEMAQUI 2016 e I Workshop Sul Brasileiro de Bioflocos. Realização de 17 a 21 de outubro.
Evento anual – AQUICULTURA

Abertas as inscrições para os minicursos da XIV SEMAQUI 2016 e I Workshop Sul Brasileiro de Bioflocos!
Publicado em 10/09/2016 às 21:10

Estão abertas as inscrições para os minicursos que serão ofertados ao longo dos dias da XIV SEMAQUI 2016!

Fiquem atentos, pois as vagas são limitadas! Garanta já a sua através do link: Inscreva-se já!

Abaixo encontram-se as ementas dos minicursos. Acesse o link de inscrição, selecione a opção desejada e efetue o pagamento do boleto para confirmar a sua vaga.

Atenção!: Cada congressista deve optar por apenas um minicurso. Atentar para os dias e horários dos mesmos.

PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO EM PISCICULTURA
Ministrante: Diogo Spanghero, Engº de Pesca

Minicurso abordará técnicas de cálculo do potencial produtivo de diferentes projetos de piscicultura, determinando a capacidade de produção anual, necessidade de espaço, quantidade de ração e alevinos em diferentes projetos em tanque rede e escavados, como também de reprodução e larvicultura.

Carga horária: 8h
Dias: 17/10 e 18/10
Valor da inscrição: R$ 30,00
Vagas:  40

 

BIOFLOCOS

Ministrante: Moisés A. Poli, Engº de Aquicultura
O objetivo do minicurso é transmitir as técnicas básicas utilizadas nos sistemas de cultivo em bioflocos. Durante o curso serão abordados temas como a ecologia e formação do sistema de bioflocos, cálculos de relação C:N, qualidade de água, manejo de sólidos, estruturas e equipamentos. Haverá visita aos tanques de cultivo em bioflocos do Laboratório de Camarões Marinhos da UFSC.

Carga horária: 8h
Dias: 18/10 e 19/10
Valor da inscrição: R$ 30,00
Vagas:  20

 

DIMENSIONAMENTO DE AQUÁRIOS

Ministrante: Guilherme Assis, Engº de Aquicultura

Técnica para dimensionamento de aquários e colagem. Cada aluno no final do curso receberá um aquário de 30 litros.

Carga horária: 8h
Dias: 17/10 e 18/10
Valor da inscrição: R$ 70,00
Vagas:  20

OFICINA DE IDENTIFICAÇÃO DE CONCHAS DE MOLUSCOS COMESTÍVEIS

Ministrante: Geraldo Semer Pomponet de Oliveira

Principais características que auxiliam na identificação das espécies de moluscos, com ênfase nas espécies comestíveis. Cada participante montará sua própria coleção de conchas como parte da oficina.

 

Carga horária: 4h

Dia: 17/10

Valor da inscrição: R$ 30,00
Vagas: 20

Cronograma Oficial XIV SEMAQUI 2016 e I Workshop Sul Brasileiro de Bioflocos
Publicado em 09/08/2016 às 23:00

Lembrando que as inscrições já podem ser realizadas. Clique aqui e garanta já a sua vaga!!!

Para mais informações acerca dos palestrantes confirmados na XIV SEMAQUI 2016 clique aqui!

Para mais informações acerca dos minicursos clique aqui!

Período Horário SEMAQUI Workshop de Bioflocos
Segunda (17/10) Terça (18/10) Quarta (19/10) Quinta (20/10) Sexta (21/10)
Manhã 8:30-9:20 Minicursos:

  • Cultivo em Bioflocos (Moisés Poli).
  • Identificação de Moluscos (Geraldo Semer Pomponet de Oliveira).
  • Planejamento de Fazendas de cultivo de peixes (Diogo Spanghero).
  • Curso de produção de aquários (Guilherme Assis).
Tzachi Samocha (USA) Maurício Gustavo Coelho Emerenciano (UDESC)
9:20-10:00 Wilson Wasielesky (FURG) Raphael Serafini (Epagri)
10:30-11:10 Jesús Peiro López (Aquamar, México) Luis Henrique Poersch (FURG)
11:10-12:30 Mesa Redonda Mesa Redonda
Tarde 13:30-14:20 Edemar Andreatta (UFSC) Thiago Soligo (DSM) Alexandre Waltrick Rates (FATMA) Felipe do Nascimento Vieira (UFSC) Dariano Krummenauer (FURG)
14-20-15:10 David Carriconde (presidente da Cooperativa dos Maricultores do Ribeirão da Ilha) Candi Guttler Demarchi (Aquatec) Celso Carlos Buglione Neto (ITAIPU) Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
15:40-16:30 Carlos Henrique Orsatto (IMOTO) A definir Bruno Buzato (Geneseas)
16:30-17:20 Francisco Magallon (CIBNOR, México) Tarcisio Leandro Schneider (Extensionista em ranicultura) Francisco Medeiros (Peixes BR)

Tema das palestras: 

  • Raphael Serafini: “Utilização do sistema de bioflocos na larvicultura de tilápia-do-nilo”
  • Tzachi Samocha: “Uso da tecnologia de bioflocos no berçário de camarões marinhos”
  • Felipe do Nascimento Vieira: “Avanços na tecnologia do cultivo em sistema de bioflocos na UFSC”
  • Francisco Medeiros: “Importância da organização setorial para o mercado aquícola brasileiro”
  • Alexandre Waltrick Rates: “Licenciamento ambiental, histórico e perspectivas para a aquicultura”
  • Maurício Emereciano: “Um mundo por desbravar: espécies alternativas em sistemas de bioflocos”
  • Wilson Wasieleskv: “Produção de camarões em sistema de bioflocos
  • Luis Poersh: “Aquicultura multitrófica em sistema de bioflocos”
  • Dariano Krummenauer: “Avanços no cultivo de camarões em bioflocos na FURG”
  • Celso Carlos Buglione Neto: “Desafios da aquicultura em tanque rede: Reservatório hidroelétrico de Itaipu”

Divulgado cronograma de apresentação de trabalhos no formato pôster e oral
Publicado em 26/09/2016 às 14:58

Trabalhos que apresentarão dia 17/10 – modalidade pôster

1 – A COMBINAÇÃO DE PROBIÓTICOS E SAIS ORGÂNICOS APRESENTA UM EFEITO SINÉRGICO NA INIBIÇÃO IN VITRO CONTRA BACTÉRIAS PATOGÊNICAS DA AQUICULTURA

2 – AVALIAÇÃO ZOOTÉCNICA DO LAMBARI DO RABO AMARELO Astyanax bimaculatus COM DIFERENTES FREQUÊNCIAS DE OFERTA DE PROBIÓTICO

3 – RECUPERAÇÃO DE PRÉ-SEMENTES DE VIEIRAS Nodipecten nodosus (LINNAEUS, 1758) NA ENSEADA DA ARMAÇÃO DO ITAPOCOROY, PENHA, SC

4 – COLONIZAÇÃO INTESTINAL EM OSTRAS NATIVAS Crassostrea gasar POR BACTÉRIAS ÁCIDO-LÁTICAS AUTÓCTONES

5 – NÍVEIS DE PROTEÍNA BRUTA NA DIETA PARA PÓS-LARVAS DE CAMARÃO-BRANCO-DO-PACÍFICO EM SISTEMA DE BIOFLOCOS

6 – PRODUÇÃO DE ALFACE Lactuca sativa EM SISTEMA AQUAPÔNICO COM TILÁPIAS Oreochromis niloticus EM BIOFLOCOS E BAIXA SALINIDADE

7 – EFEITOS DE DIFERENTES DIETAS E USO DE PROBIÓTICO COMERCIAL NA LARVICULTURA DO CAVALO-MARINHO Hippocampus reidi

8 – ALTERAÇÕES HEMATOLÓGICAS EM GIRINOS DE Lithobates catesbeianus SUPLEMENTADOS COM PROBIÓTICO AUTÓCTONE Lactobacillus plantarum

9 – VALIDAÇÃO DE FIBRA SINTÉTICA COMO SUPORTE BIOLÓGICO ALTERNATIVO ATRAVÉS DE ENSAIOS DE RESPIROMETRIA

10 – POLICULTIVO DE JUNDIÁ Rhamdia quelen E TRUTA ARCO-ÍRIS Oncorhynchus mykiss CULTIVADOS EM SISTEMA RACEWAY

11 – UTILIZAÇÃO DAS MACROALGAS Sargassum filipendula E Undaria pinnatifida COMO ADITIVO ALIMENTAR NA DIETA DO CAMARÃO BRANCO DO PACÍFICO

12 – INFLUÊNCIA DA AGITAÇÃO DA ÁGUA NO CRESCIMENTO DA MACROALGA Kappaphycus alvarezii CULTIVADA EM TANQUES

13 – PERFIL DE ENZIMAS DIGESTIVAS DO CAMARÃO BRANCO DO PACÍFICO Litopenaeus vannamei ALIMENTADOS COM DIFERENTES NIVEIS DE SUBSTITUIÇÃO DE FARINHA DE PEIXE POR FARINHA DE INSETO Tenebrio molitor

14 – MOLUSCOS COMPONDO O CASCALHO DA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA DO PIRAJUBAÉ, FLORIANÓPOLIS/SC

15 – USO DO ESPERMATÓCRITO COMO ALTERNATIVA NA ESTIMAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO ESPERMÁTICA DO SURUVI Steindachneridion scriptum

16 – ESTIMATIVA ECONÔMICA DA PRODUÇÃO AQUAPÔNICA ENTRE Litopenaeus vannamei E Sarcocornia ambigua EM SISTEMA DE BIOFLOCOS EM PEQUENA ESCALA

17 – DIGESTIBILIDADE APARENTE DE INGREDIENTES PRÁTICOS UTILIZADOS NA DIETA DO CAMARÃO-BRANCO-DO-PACÍFICO

 

Trabalhos que apresentarão dia 18/10 – modalidade pôster

1 – BIOFLOCOS: PRIMERA EXPERIÊNCIA COM Astyanax bimaculatus

2 – APLICAÇÃO DA METODOLOGIA DE ANÁLISE DA SÉRIE COMPLETA DE SÓLIDOS PARA OBTENÇÃO DO PERFIL DA ÁGUA SALGADA

3 – RELAÇÃO AMÔNIA-CLOROFILA A NO CULTIVO EM BIOFLOCO DO Penaeus vannamei EM DIFERENTES FONTES DE CARBONO

4 – GANHO DE PESO EM JUVENIS DE TILÁPIA-DO-NILO Oreochromis niloticus L SUPLEMENTADOS COM ÓLEO ESSENCIAL DE MANJERICÃO-CRAVO Ocimum gratissimum L

5 – USO DE CLORETO DE AMÔNIO COMO INDUTOR DE NITRIFICAÇÃO E SEU EFEITO NO PADRÃO DIÁRIO DOS COMPOSTOS NITROGENADOS EM CULTIVO SUPERINTENSIVO DO CAMARÃO Litopenaeus vannamei

6 – ÓLEOS ESSENCIAIS DE CRAVO E MELALEUCA COMO ANESTÉSICOS EM Amphiprion clarkii (BENNETT, 1830)

7 – SOBREVIVÊNCIA DO MEXILHÃO Perna perna (LINNAEUS, 1758) EM DIFERENTES ESTRUTURAS DE ASSENTAMENTO REMOTO

8 – EFEITO DE DIETAS COMBINADAS DE RAÍZES TUBEROSAS E MICROALGA NO CONDICIONAMENTO DA OSTRA DO PACIFICO Crassostrea gigas (THUNBERG, 1973)

9 – INFESTAÇÃO POR Rhabdosynochus rhabdosynochus MIZELLE E BLATZ, 1941 (MONOGENOIDEA: DIPLECTANIDAE) EM Centropomus undecimalis (BLOCH, 1792) CULTIVADOS EM SAMBAQUI, FLORIANÓPOLIS

10 – COMPARAÇÃO DE METODOLOGIA DIRETA E INDIRETA PARA DETERMINAÇÃO DE ENERGIA BRUTA EM RAÇÕES COMERCIAIS PARA TILAPICULTURA

11 – EFEITO DE EXTRATO DE MACROALGAS Kappaphycus alvarezii E Sargassum filipendula NO FEIJÃO MUNGO Vigna radiata

12 – AQI NA RUA NA FENAOSTRA

13 – DIAGNÓSTICO DAS LICENÇAS AMBIENTAIS EM EMPREENDIMENTOS AQUÍCOLAS DENTRO DO ESTADO DE SANTA CATARINA

14 – PIGMENTAÇÃO DE Amphiprion ocellaris UTILIZANDO ASTAXANTINA NATURAL E SINTÉTICA

15 – ACOMPANHAMENTO DO PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO DA MARICULTURA NO MUNICÍPIO DE PALHOÇA – SC, BRASIL

16 – RELAÇÃO DO Lactobacillus plantarum E FONTE PROTEICA, NA DIETA E TRATO INTESTINAL DO Litopenaeus vannamei

17 – MONITORAMENTO ON-LINE DA QUALIDADE DA ÁGUA EM SISTEMA DE BIOFLOCOS ATRAVÉS DO USO DE SONDA MULTIPARÂMETROS

Trabalhos que apresentarão dia 19/10 – modalidade pôster

1 – POTENCIAL DA ZEÓLITA COMO REMOVEDOR NATURAL DE AMÔNIA COM VISTAS À SUA APLICABILIDADE NO TRANSPORTE DE PEIXES

2 – METACERCÁRIAS DE Clinostomum marginatum RUDOLPHI, 1819 (DIGENEA, CLINOSTOMIDAE) EM JUNDIÁ Rhamdia quelen CULTIVADO EM SANTA CATARINA, BRASIL

3 – PARASITOFAUNA DE Cyprinus carpio KOI CULTIVADOS EM SANTA CATARINA, BRASIL

4 – INFESTAÇÃO POR MONOGENEA E NEMATOIDES EM Arapaima gigas (SCHINZ, 1822)

5 – ESTUDO SOBRE TAXAS DE BIODEPOSIÇÃO DE CULTIVOS DE MOLUSCOS

6 – DESEMPENHO PRODUTIVO DAS LINHAGENS GIFT E CHITRALADA DE Oreochromis niloticus CULTIVADAS EM VIVEIROS ADUBADOS NA REGIÃO DO VALE DO ITAJAÍ, SANTA CATARINA, BRASIL

7 – MORFOMETRIA INTESTINAL DE JUVENIS DE JUNDIÁ Rhamdia quelem ALIMENTADOS COM DIETAS CONTENDO DIFERENTES COMBINAÇÕES DE HIDROLISADO PROTEICO DE SARDINHA E PROBIÓTICO COMERCIAL

8 – EFEITOS DE DIFERENTES FONTES DE LUZ SOBRE O CRESCIMENTO E COMPOSIÇÃO DE PIGMENTOS DA MICROALGA Scenedesmus obliquus

9 – AVALIAÇÃO CORPORAL DO Astyanax bimaculatus ALIMENTADOS COM DIETA PROBIÓTICA

10 – AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE JUVENIS DE Betta splendens EM DIFERENTES CORES DE CULTIVO

11 – ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO BIOGERMEX® CONTRA CEPAS BACTERIANAS POTENCIALMENTE PATOGÊNICAS PARA PEIXES CULTIVADOS

12 – INFLUÊNCIA DA URINA E DO PLASMA SANGUÍNEO NA ATIVAÇÃO DO SÊMEM DE SURUVI Steindachneridion scriptum

13 – PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS DA ÁGUA DO MAR NA RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA DO PIRAJUBAÉ, FLORIANÓPOLIS/SC

14 – VARIABILIDADE GENÉTICA DE POPULAÇÕES DE TILÁPIA DO NILO EM SANTA CATARINA USANDO UM MARCADOR ASSOCIADO À TOLERÂNCIA AO FRIO

15 – VARIABILIDADE GENÉTICA COM SSR DE POPULAÇÕES DE TILÁPIA DO NILO DA LINHAGEM GIFT-EPAGRI

16 – USO DO HORMÔNIO SINTÉTICO OVAPRIM® COMO INDUTOR DA ESPERMIAÇÃO NO SURUVI Steindachneridion scriptum

17 – ISOLAMENTO DE BACTÉRIAS ÁCIDO-LÁTICAS DO TRATO INTESTINAL DE JUNDIÁS, Rhamdia quelen.

 

Trabalhos que apresentarão dia 20/10 – modalidade oral

1 – FLOCOS MICROBIANOS COMO FONTE DE BACTÉRIAS PROBIÓTICAS PARA O CULTIVO DE Litopenaeus vannamei

2 – NÍVEIS DE PROTEÍNA BRUTA NA DIETA PARA FASE INICIAL DE CULTIVO DO CAMARÃO-BRANCO-DO-PACÍFICO EM SISTEMA DE BIOFLOCOS

3 – AÇÚCAR REFINADO COMO FONTE DE CARBONO NO BERÇÁRIO DE CAMARÕES CULTIVADOS EM SISTEMA DE BIOFLOCOS

4 – VIABILIDADE ECONÔMICA DA PRODUÇÃO DE Penaeus vannamei E Sarcocornia ambígua EM SISTEMA DE AQUAPONIA COM BIOFLOCOS EM ESCALA COMERCIAL

5 – DESEMPENHO DE ALEVINOS DE TILÁPIA-DO-NILO EM SISTEMAS DE BIOFLOCOS E ÁGUAS CLARAS COM DIFERENTES NÍVEIS DE PROTEINA NA RAÇÃO

6 – RECUPERAÇÃO DO NITROGÊNIO NO CULTIVO AQUAPÔNICO DA HALÓFITA Sarcocornia ambigua E DO CAMARÃO Litopenaeus vannamei EM BIOFLOCOS

7 – DESEMPENHO PRODUTIVO DE LARVAS DE JUNDIÁ EM SISTEMA DE BIOFLOCOS

8 – PERFIL DA TRANSCRIÇÃO DE GENES ALVO NO CAMARÃO BRANCO DO PACÍFICO EXPERIMENTALMENTE INFECTADO COM O VÍRUS DA SÍNDROME DA MANCHA BRANCA

 

Trabalhos que apresentarão dia 21/10 – modalidade oral

1 – RELATO DO CULTIVO DE PÓS LARVAS DE Piaractus mesopotamicus EM BIOFLOCOS

2 – BREVE HISTÓRICO DA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA BFT EM VIVEIROS ESCAVADOS REVESTIDOS NO EXTREMO SUL DO BRASIL

3 – REMOÇÃO E MANUTENÇÃO DOS NÍVEIS DE SÓLIDOS SUSPENSOS EM CULTIVO DE Litopenaeus vannamei EM SISTEMA BFT

4 – LARVICULTURA INTENSIVA DO CAMARÃO-BRANCO-DO-PACÍFICO EM SISTEMA DE BIOFLOCOS COM DIFERENTES DENSIDADES DE POVOAMENTO

5 – BERÇÁRIO INTENSIVO DE PÓS-LARVAS DE Litopenaeus vannamei CULTIVADAS EM SISTEMA AUTOTRÓFICO VERSUS SISTEMA DE BIOFLOCOS

6 – SUPLEMENTAÇÃO DIETÉTICA DE BUTIRATO DE SÓDIO E POLIHIDROXIBUTIRATO NO DESEMPENHO DO CAMARÃO BRANCO DO PACÍFICO EM SISTEMA DE BIOFLOCOS

Adiada chamada de resumos para SEMAQUI
Publicado em 01/08/2016 às 13:43

A chamada de resumos para a SEMAQUI e Workshop de Bioflocos foi adiada até o dia 15/08.

Alguns de nossos palestrantes já confirmados para a Semana de Aquicultura (Semaqui)
Publicado em 11/07/2016 às 18:10

1- Lucas Cunha,  BOMAR (Brasil)

Engenheiro de Pesca, Mestre em Aquicultura, Diretor de produção do Grupo Bomar Maricultura, especializando na produção de juvenis de camarão e Tilapia e sistemas de bioflocos, bem como engorda de Tilapia nesse sistema.

2- Francisco Javier Magallon, Dr., CIBNOR (Mexico)

Pesquisador do Centro de investigaciones Biológicas del Noroeste (México), possui doutorado em Ciências Biológicas pela Universidad de La Habana. Trabalha com aquicutlura desde o ano de 1985, trabalhando tanto na pesquisa quanto na colaboração com a indústria aquícola mexicana. Trabalha em linhas de pesquisa referentes a sistemas de cultivo intensivos, estudos de impacto ambiental, sanidade aquícola e sistemas eco-eficintes de produção aquícola integrada a agricultura e multitróficos. Tem atuado atualmente no desenvolvimento de cultivos integrados de peixes e crustáceos de água doce com horticultura em sistemas de aquaponia e fertirrigação, com viabilidade econômica para pequenas propriedades rurais.

3 – Jesús Peiro López,  Aquamar

Licenciado em biologia pesqueira pela Universidad Autónoma de Sinaloa, possui mais de 30 anos de experiência com aquicultura. Em sua trajetória, auxiliou no processo de mudança da aquicultura tradicional do México para sistemas de produção mais modernos e eficientes. Esta experiência, capacitaram o mesmo no desenho, construção, dimensionamento e capacitação de mão de obra para atuação na aquicultura intensiva. Possui grande experiência no cultivo de camarões em sistema superintensivo em bioflocos, sendo diretor de produção do grupo Mahr, desde 2002, que possui uma área de produção de camarões de 200ha.

Inscrições para XIV SEMAQUI e I Workshop Sul Brasileiro de Bioflocos abertas!
Publicado em 30/06/2016 às 19:37

13557904_504900779700428_7620032291671525819_n

 

As inscrições já podem ser realizadas! Clique aqui, selecione a opção correspondente ao evento, preencha corretamente seus dados, gere e efetue o pagamento do boleto para confirmar sua inscrição.

Investimento

  • Estudantes de graduação: R$ 30,00 até 30 de setembro; R$ 50,00, após.
  • Estudantes de pós-graduação: R$ 50,00 até 30 de setembro; R$ 80,00, após.
  • Profissional: R$ 80,00 até 30 de setembro; R$ 100,00, após.

Dúvidas, entrar em contato em comissaosemaqui2016@gmail.com

Participem!!!

Divulgação e cronograma de palestrantes do I Workshop de Bioflocos!
Publicado em 26/06/2016 às 17:40

  • Tzachi Samocha: O Dr. Samocha é referência mundial no cultivo em sistema de bioflocos. Possui experiência no cultivo de camarões marinhos (Litopenaeus vannamei) em viveiros e também desenvolve pesquisas com sistemas intensivos de cultivo (bioflocos).
  • Wilson Francisco Britto Wasielesky Junior: Possui graduação em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande (1991), doutorado em Oceanografia Biológica pela Universidade Federal do Rio Grande (2000). Pós-Doutorado na Universidade da Carolina do Sul/Waddell Mariculture Center em 2005. Atualmente é pesquisador e professor Associado do Instituto de Oceanografia da Universidade Federal do Rio Grande. Tem experiência na área de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca, com ênfase em Carcinocultura, atuando principalmente nos seguintes temas: Reprodução de camarões, larvicultura, manejo de cultivo de camarões em viveiros e em sistemas de bioflocos.
  • Walter Quadros Seiffert: concluiu o pós- doutorado em 2013, no Centro de Investigações Marinhas do Noroeste (CIBNOR), México. Realizou seu doutorado em planejamento e gestão territorial/engenharia pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2003. Atualmente é professor associado 2 da Universidade Federal de Santa Catarina, pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Cnpq), supervisor do laboratório de camarões marinhos e da Fazenda Experimental Yakult/UFSC. Participou de 2 redes internacionais do CYTED (Rede Iberoamerica de Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento). Foi consultor do FINEP em 2006 e 2009. Possui produção cientifica em cultivo de camarões marinhos; cultivo de camarões marinhos em bioflocos, planejamento e gestão territorial da aquicultura.
  • Felipe do Nascimento Vieira: Doutor em aquicultura pela UFSC, atualmente exerce o cargo de Eng° Agrônomo na mesma instituição. É responsável técnico pela Fazenda Experimental Yakult/UFSC de cultivo de camarões, reconhecido centro de pesquisa e treinamento nesta área. Também atua como pesquisador no Laboratório de Camarões Marinhos/UFSC, atuando em temas relacionados principalmente ao cultivo e nutrição de camarões marinhos. Atua também no programa de pós-graduação em aquicultura da UFSC, orientado e co-orientando alunos de mestrado e doutorado. Vinculado(a) aos Grupos de Pesquisa – Maricultura – UFSC; Patologia e Sanidade Aquícola – UFSC; Imunologia de Invertebrados: implicações na resistência a doenças em aquicultura e biotecnologia marinha-UFSC.
  • Maurício Gustavo Coelho Emerenciano: possui graduação em Zootecnia pela Universidade Estadual de Maringá – UEM (concluído em 2006). Atua na área de Zootecnia, com ênfase em Aquicultura desde 2002. Na graduação seus estudos foram direcionados a nutrição de organismos aquáticos e sistemas de produção baseado no policultivo de peixes e camarões de água-doce. Concluiu seu mestrado no Programa de Pós-Graduação em Aquicultura na Universidade Federal do Rio Grande – FURG, com ênfase em sistemas super-intensivos Bioflocos (camarões marinhos). Concluiu seu doutorado na Universidade Nacional Autônoma do México – UNAM, no Programa de Pós-Graduação em Ciências do Mar e Limnologia, com bolsa CAPES (Programas de Doutorado Pleno no Exterior, 1o. Lugar na área de Aquicultura) e seus estudos foram direcionados a reprodução, aspectos bioquímicos, manejo e engorda de camarões marinhos, em sistemas de Bioflocos. Além disso, já realizou estágio/cooperação científica no Waddell Mariculture Center-EUA, CSIRO-Austrália (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation) e IFREMER (Institut Français de Recherche pour lExploitation de la Mer) e também realizou trabalhos como consultor científico em Aquicultura para o governo do Chile (CONICYT), do México (CONACYT) e Polinésia Francesa (Pôle dInovación de Tahiti). Em 2014, foi ganhador da Medalha Alfonso Caso (menção honorífica designada as melhores teses e dissertações dos Programas de Pós-Graduação da UNAM-México). Membro do Biofloc Technology Steering Committee (Aquaculture Engineering Society – AES). Revisor de periódicos internacionais na área de Aquicultura como Aquaculture, Aquaculture Nutrition, Aquaculture Research, Journal of WAS, Aquaculture Engineering, entre outros. Já proferiu mais de 15 cursos sobre sistemas de Bioflocos para produtores, indústria e academia no Brasil e México. Possui capítulo no livro referência mundial da tecnologia de Bioflocos (Biofloc Technology – The practical guide 3rd edition). Líder do Grupo de Pesquisas em Aquicultura da UDESC (GPAq-UDESC/CNPq). Atualmente é professor efetivo da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), campus CERES, Laguna-SC.
  • Raphael Serafini: Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002), mestrado em Aquicultura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005) e doutorado em Aquicultura pelo Centro de Aquicultura da Unesp (2015). Tem experiência na área de Recursos Pesqueiros e Aquicultura, com ênfase em Piscicultura, atuando principalmente nos seguintes temas: reprodução de peixes de água doce, lavicultura e bioflocos. Atualmente é pesquisador da EPAGRI – Estação Experimental de Caçador.
  • Luis Henrique Poersch: Possui graduação em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande (1993), mestrado em Ciencias del Mar – Universidad Católica del Norte (1998), doutorado em Oceanografia Biológica pela Universidade Federal do Rio Grande (2004) e pós-doutorado no Department of Natural Resources – South Carolina (USA). Atualmente é professor adjunto do Instituto de Oceanografia da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), onde atua como professor nos cursos de Oceanologia, Biologia e no programa de Pós-graduação em Aquicultura. Tem experiência na área de Recursos Pesqueiros e Oceanografia Biológica, com ênfase em Carcinocultura, atuando principalmente nos seguintes temas: cultivo de camarões, impacto social e ambiental da aquacultura, tratamento de efluentes, cultivos multi-tróficos (peixes, camarões e moluscos), e cultivo em estruturas alternativas para pescadores artesanais e produtores rurais.
  • Dariano Krummenauer: Possui graduação em Oceanologia, Mestrado e Doutorado em Aquicultura pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Atualmente é bolsista do Programa Nacional de Pós graduação (DOCFIX) atuando como professor pesquisador (Colaborador) junto ao Programa de Pós graduação em Aquicultura da FURG. Responsável pelo setor de produção de camarões em sistemas de Bioflocos em estufas do laboratório de Carcinocultura pertencente ao Instituto de Oceanografia da FURG. Possui experiência na área de Aquicultura com ênfase em Carcinocultura, atuando principalmente nos seguintes temas: aquicultura, Cultivo de camarões em sistemas de Bioflocos, sistemas de cultivo com troca zero de água, larvicultura, maturação e inseminação artificial de camarões marinhos. Além disso, trabalhou como colaborador em diversos projetos de extensão com pescadores artesanais do Estuário da Lagos dos Patos.

Abaixo, o cronograma dos palestrantes do I Workshop de Bioflocos, bem como as atividades que serão realizadas no dia:

Período Horário Quinta Sexta
Manhã 8:30-9:20 Tzachi Samocha Maurício Gustavo Coelho Emerenciano
9:20-10:00 Wilson Wasielesky Raphael Serafini
10:30-11:10 Walter Quadros Seiffert Luis Henrique Poersch
11:10-12:30 Mesa Redonda Mesa Redonda
Tarde 14:00-14:40 Felipe Vieira Dariano Krummenauer
14-40-15:00 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
15:20-15:40 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
15:40-16:00 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
16-30-17:00 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
17:00-17:20 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico
17:20-17:40 Apresentação de Trabalho Técnico Apresentação de Trabalho Técnico

Envio de resumos prorrogado até dia 15/08/2016
Publicado em 10/06/2016 às 22:57

Envie seu resumo para comitesemaqui@gmail.com até o dia 15 de agosto!

Para mais informações clique aqui!

resumoprorrogação

Inscrições online para curso de Qualificação em Gerenciamento de Processos na Piscicultura já disponíveis
Publicado em 10/06/2016 às 22:35

A partir de agora as inscrições para o curso de Gerenciamento de Processos na Piscicultura (Tanque-Rede) já podem ser feitas através do nosso site. Para isto, preencha as informações necessárias, gere o boleto e efetue o pagamento para que sua inscrição seja confirmada.

As inscrições presenciais continuam e os horários são: de segunda à sexta-feira das 12:30 às 13:30 – no hall do CCA.

Clique aqui para efetuar sua inscrição!!

SEMAQUI promove Curso de Qualificação em Gerenciamento de Processos na Piscicultura (tanque-rede)
Publicado em 03/06/2016 às 12:51

O minicurso será ministrado pelo profissional Moisés Anthero – Zootecnista com 30 anos de experiência e que atualmente trabalha na empresa Agroinova software de gestão de Pisciculturas, consultoria em Processos e Gestão

O conteúdo programático incluirá

  • Apresentação do Curso de Gerenciamento de processos na Piscicultura
  • Implantação de empresa Piscícola de tanque-rede (estudo de caso)
  • Planejamento da empresa
  • Dimensões e estruturas dos tanques-redes
  • Capacidade suporte
  • Biomassa econômica
  • Densidade de Estocagem
  • Manejo alimentar em tanque-rede
  • Uso de software para piscicultura intensiva
  • Gerenciamento de projetos piscícolas
  • Gestão da piscicultura, organização dos processos
  • Planilhas de fluxo de caixa, relatórios de produção
  • Controle informatizado na prática
  • Determinação de curvas de crescimento no software
  • Custo de produção diário
  • Conceitos básicos de administração para a coleta no software

Dia e horário

24/06/2016 – sexta feira (17h:30min às 21h:30min – 4 horas)

25/06/2016 – sábado (8h:30min às 12h;30min e 13h:30min às 17h:30min – 8 horas)

Carga horária total: 12 horas

Investimento

Estudantes de graduação: R$ 50,00 até 20/06, R$ 60,00 após;

Estudantes de pós-graduação: R$ 60,00 até 20/06, R$ 70,00 após;

Profissional: R$ 70,00 até 20/06, R$ 80,00 após.

Inscrições

Hall do CCA: segunda à sexta – 12:30 às 13:30

Clique aqui para realizar sua inscrição online!

Dúvidas entrar em contato em: comissaosemaqui2016@gmail.com

 

  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 27 de setembro 2016 - 18:34:32
SeTIC
Páginas UFSC